Esse é o meu primeiro post sobre lugares que já visitei, e nesse meu primeiro post começo escrevendo sobre minha viagem para São Thomé das Letras.

Veja também meu post sobre minha viagem para Capitólio-MG.

Conhecendo São Thomé das Letras

Com certeza você já ouviu falar sobre essa cidadezinha que fica no sul de Minas, uma cidade pacata e com muitos mistérios.  São Thomé das Letras atrai turistas de todas as regiões que estão em busca de tranquilidade e contato com a natureza.

São Thomé das Letras tem pouco mais de 6 mil habitantes, ou seja é uma cidade bem pequena.

A cidade fica a 1400 metros de altitude o que deixa um clima bem frio e sempre ventando bastante(principalmente no inverno).

Vista parcial de são thomé das letras

 

As ruas e construções de São Thomé das Letras chamam bastante a atenção por serem em sua maioria feitas de pedras sobrepostas uma sobre a outra. Pedras que são extraidas da própria cidade.  Isso torna São Thomé das Letras bem diferente de qualquer outra cidade .

Casa de pedras em São Thomé

Rua de pedras em São Thomé

Pousada de pedras

Rua de pedras em São Thomé das Letras

 

A cidade é rodeada de lendas e misticismo, o que atrai muitos curiosos ao lugar. Desde aparições de óvnis e ETs até lendas de que a cidade tem uma gruta que liga São Thomé a Machu Pichu no Peru.

Eu particularmente não vi nenhum ET, talvez não tenha passado tempo o suficiente lá haha.

São Thomé das Letras também tem uma variedade de cachoeiras e grutas para visitar, é sem dúvidas é um lugar para esquecer os problemas e relaxar.

Cachoeira em São Thomé das Letras

 

Lugares que visitei em São Thomé das Letras

Fiquei três dias em São Thomé, não consegui ir em todos os pontos turísticos, para isso teria que ficar pelo menos mais um dia por lá, mas como já tinha meu cronograma programado e depois iria para Capitólio, não poderia ficar mais tempo.

Nesses três dias consegui conhecer alguns lugares. Aqui estão os lugares que eu visitei.

Parque Antônio Rosa

O Parque Antônio Rosa fica bem próximo do centro da cidade e da para ir a pé tranquilamente. Esse é um dos principais atrativos da cidade, dentro dele esta a Pedra da Bruxa, o Mirante da cidade, o Mirante do Cruzeiro e a Pirâmide.

Todos eles tem uma visão panorâmica da cidade e da para tirar umas fotos bem legais.

Entrada do Parque Antonio Rosa em São Thome das Letras

Trilha dentro do Parque Antonio Rosa

 

Pedras dentro do Parque Antonio Rosa

Pedra da Bruxa

É uma pedra que tem o formato da cabeça de uma bruxa. Eu acabei tirando foto do lado errado haha, e não da para ver bem o rosto da bruxa, mas pelo lado oposto você consegue enxergar o rosto.

Pedra da Bruxa

 

Mirante da cidade

É um dos mirantes em que você enxerga a cidade toda. Em quase todos os lugares de dentro do parque você consegue enxergar toda a cidade pois ele fica na parte alta de São Thomé, mesmo assim você tem essas construções como opção para tirar umas fotos maneiras.

Mirante da cidade

Mirante do Cruzeiro

Esse é o ponto mais alto de São Thomé das Letras, onde tem uma cruz bem no topo do morro do Parque.

É incrivel ver o por do sol de lá de cima, e você consegue ter uma visão 360º de São Thomé.

Mirante do cruzeiro

Pirâmide

Esse sem dúvidas é um dos lugares mais conhecidos da cidade.

É uma construção em formato de pirâmide feita toda de pedra, onde a galera se reúne para assistir o por do sol.

Se tem uma coisa que realmente é incrível nessa cidade é ver o por do sol.  É simplesmente sensacional.

É comum a galera passar a noite dentro dela para ver as estrelas, mas acaba sendo um pouco perigoso. Eu não arriscaria.

Nos finais de tarde é comum artistas da cidade se apresentarem nela, tocando músicas.

Pirâmide

 

Cachoeiras

Se você curte tomar um banho de cachoeira, São Thomé é sem dúvida uma ótima opção.

A cidade tem várias cachoeiras incríveis e o melhor de tudo é que a maioria delas você não paga para entrar.

Eu não consegui visitar todas elas, mas consegui ir em várias que eram de graça.

O único problema é que a maioria delas ficam longe do centro e ficam bem escondidas. Se você estiver sem carro vai precisar de uma carona ou pagar um guia, e geralmente os guias cobram bem caro pelo passeio.

Para minha sorte, uma menina que trabalha no Hostel onde eu me hospedei me levou até as cachoeiras. Isso ajudou bastante para eu chegar nas cachoeiras que ficam mais longe.

Essas são as que eu visitei sem pagar nada:

Cachoeira Antares

Essa fica bem escondida, e se você estiver sem guia ou alguem que conheça dificilmente conseguirá encontra-la.

Com uma queda dágua altissima , essa cachoeira é um lugar muito bonito.

Ela fica bem distante do centro e ainda tem que pegar uma trilha para enfim chegar na cachoeira.

Sem contar que a estrada é de terra e bem esburacada, ou seja, é um prato cheio para arrebentar com o alinhamento do carro, ainda mais se ele for baixo assim como o meu haha.

Mas enfim, se você gosta de se aventurar, é um lugar maneiro para conhecer.

Para quem vai de carro, ta ai a localização no GPS -21.7907857, -45.0226436.

Cachoeira dos antares

 

O que mais me chamou atenção nesse lugar foi o formato dos galhos das árvores em espiral.

Saca só.

Arvores na cachoeira dos antares

 

Cachoeira Véu de Noiva

Esta é outra cachoeira incrível de São Thomé. Essa fica mais próxima, com 6km de distância do centro, e a estrada até ela por mais que seja de terra ainda é pouco esburacada.

Logo abaixo dela tem a cachoeira Paraíso, é só seguir a queda dágua.

GPS 21°45’35.2″S 44°59’14.5″W

Cachoeira véu de noiva

 

Cachoeira Paraíso

Fica logo abaixo da Cachoeira Véu de Noiva.

Essa tem uma queda d’agua suave e um poço pequeno para nadar.

No meio tem uma pequena ilha de areia.

É um lugar e tanto para relaxar.

(essa moça na foto trabalha no hostel onde fiquei e foi quem me levou até as cachoeiras)

Cachoeira Paraíso

 

Cachoeira do Vale das Borboletas

Essa na minha opinião é a mais bonita de todas.

Com a água cristalina e com duas quedas d’agua que formam um poço ótimo para nadar. No meio da cachoeira tem uma gruta cheia de samambaias.

Ela recebe esse nome pois dizem que em alguns meses do ano ela fica cheia de borboletas.

Ela é bem próxima do centro e para ajudar a estrada é de asfalto.

Vale a pena visitar.

GPS 21°43’32.2″S 45°00’24.4″W

Cachoeira Vale das Borboletas em São Thomé das Letras

Poço da Cachoeira Vale das Borboletas

 

Gruta São Thomé

Essa gruta fica bem na praça principal e é um dos pontos turísitcos da cidade.

Essa é a gruta onde foram encontradas a imagem de São Thomé que deu origem ao nome da cidade e as inscrições rupestres.

Na parte de trás dela existe uma escada que leva até a parte de cima, de onde tenha uma  vista panorâmica da praça principal de São Thomé.

Interior da gruta São Thomé

Vista da gruta São Thome

 

Igreja Nossa Senhora do Rosario

Esta igreja fica bem na frente do Hostel onde me hospedei.

Ela inteira feita em pedras, e combina perfeitamente com o estilo da cidade.

Igreja do Rosario em São Thomé das Letras

 

Esse foram os lugares onde eu fui.

Ainda tinham vários pontos que eu queria ter ido, como a gruta do sobradinho e a ladeira do Amendoim mas não sobrou tempo para visitar tudo. 🙁

 

Por que visitar São Thomé?

Além de ser uma cidade pacata, São Thomé é uma cidade que esta sempre cheia de hippies, ou seja, aquele clima de paz e amor no ar.

Realmente tem uma energia de paz no lugar, você esquece dos problemas e da rotina do dia a dia, além disso as pessoas são muito receptivas, o que te deixa se sentindo em casa.

O por do sol é sem dúvida o que mais me impressionou, é diferente de tudo que eu ja tinha visto. Realmente eu me senti um grão de areia olhando para aquela vasta imensidão da natureza  e aquilo me fez me sentir tão bem. É inexplicável!

É uma cidade diferente, com pessoas com a cabeça bem aberta. Isso é incrível!

Por do sol em São Thomé das Letras

Onde fiquei hospedado

Fiquei hospedado em um hostel que se chama Mirante das Pedras.

O preço da hospedagem é muito barato,  paguei R$35,00 a diária em quarto coletivo e com direito a café da manhã (valor referente ao dia da minha viagem).

Eles também tem quartos separados.

O café da manhã é muito caprichado, me matei de tanto comer no café haha.

O lugar tem uma sacada onde o pessoal se reúne pra trocar uma idéia além de ter uma vista incrível das montanhas.

Enfim aqui estão algumas fotos do lugar, e segue o contato de lá se caso você se interessar.

Mirante das pedras

Sala do Hostel

Vista do Hostel

Quanto gastei em São Thomé das Letras

 

Então aqui estão os valores. Lembrando que fiquei hospedado três dias.

Hospedagem – R$35,00 a diária – 3 dias – R$105,00

Café da manhã – grátis incluso na hospedagem

Almoço – R$ 8,00 (por incrível que pareça, tem um restaurante atrás da igreja do rosario que o prato feito é esse valor e a comida é boa)

Jantar – R$12,00 Optei por comer lanche no jantar (no segundo dia eu fiz a janta no hostel, levei miojo e atum para economizar)

Todos os passeios que fiz foram em lugares que a entrada era grátis. Gastei só com Gasolina.

Combustível –  Moro no interior de São Paulo e gastei em torno de R$200,00 com gasolina. Não existe pedágios no trecho.

Total-  R$365,00 para três dias.

É claro que gastei um pouco mais comprando lembrancinhas para levar para casa, mas isso não vou incluir no valor.

Vale lembrar que fui sozinho de carro, se você for de ônibus ou dividir um carro o gasto será menor.

O objetivo era gastar o mínimo possível, então não exijo muito luxo.

Algumas dicas para você

Por fim vou deixar algumas dicas, para quem ainda não foi.

  • Se for no inverno leve bastante blusa e uma toca, pois faz muito frio
  • Não perca o por do sol por nada, vai por mim
  • Existem muitos lugares que você não paga para entrar se você nao quiser gastar
  • Leve dinheiro para comprar o artesanato de lá, além de ser muito bacana, você também ajuda a cidade, que praticamente vive do turismo
  • Fumar maconha é comum na cidade, então se você é um daqueles que se incomoda, se prepare.
  • Prefira ir para lá no verão, pois no inverno é praticamente impossível aproveitar as cachoeiras
  • E por fim respeite a natureza, não jogue lixo nas cachoeiras

Creio que aprendi muito com essa viagem, e se tivesse uma palavra pra descrever tudo isso seria: Gratidão 🙂

Gratidão

Depois de São Thomé das Letras eu parti para  Capitólio-MG. Veja o post que ta bem maneiro. 😉